22 de ago de 2011

Aula de mitologia

Oi pessoal, tudo bem?
Aqui é a Raquel. Eu queria antes de mais nada agradecer aos novos membros da equipe que estão contribuindo com o site. O André, o novo new-poster e o Mario que está preparando textos sobre mitologia.
Hoje estarei publicando seu primeiro texto. Segue abaixo:


O Olimpo

            O monte Olimpo, ou Ólimpos, é a montanha mais alta da Grécia e uma das montanhas mais altas da Europa e é localizado próximo ao mar Egeu, na cidade de Litochoro, também conhecida como cidade dos Deuses pela proximidade com o monte.
            Seu cume, conhecido como Mitikas, na maioria das vezes fica invisível por estar coroado de nuvens, o que lhe da um ar misterioso e belo, por esta razão os gregos o imaginaram como a morada dos Deuses.
            Na mitologia grega quando Gaia (Terra) deu luz aos Titãs, estes eram tão grandes que usavam as montanhas gregas como tronos, inclusive o monte Olimpo. Quando Zeus (Júpiter) destronou seu pai Cronos (Saturno), fez do Olimpo a morada dos Deuses, de onde governavam todo o universo.

Gaia (Terra) e Urano (Céu)

            Antigamente só existia o Caos, e dele surgiu Gaia (a Terra) que gerou um filho, Urano (Céu). Um dia, este, unindo-se a própria mãe, gerou uma raça de seres prodigiosos, chamados Titãs. Urano (Céu) com medo das afrontas que imaginava ele existirem por parte de seus filhos, os enterrou no ventre de sua própria esposa, Gaia (Terra) , a medida que iam nascendo.
            Gaia (Terra) teve que suportar por muitas eras aquelas criaturas dentro de si e, ao mesmo tempo, o assédio insaciável e ininterrupto do marido. Um dia, porém, cansada de tanta tirania, decidiu a mãe do mundo que um de seus filhos iria liberta-la deste tormento. Para isto escolheu Cronos (Saturno), o mais jovem de suas crias.
            Gaia (Terra) disse ao seu filho que somente ele poderia liberta-la daquele tormento e tomar para si o mando supremo do Universo. Cronos (Saturno) era jovem, porém, ambicioso e prontamente decidiu ajudar sua mãe. Gaia (Terra) ergueu uma enorme foice de diamante e disse para que ele usasse da melhor maneira que pudesse. Cronos (Saturno) apanhou a foice e dirigiu-se até o palácio azul onde seu pai dormia, com um golpe certeiro apunhalou Urano (Céu) logo abaixo da cintura, na virilha. Um grito terrível como jamais se havia ouvido no universo, ecoou da abóbada celestial onde descansava o senhor supremo, despertando toda a criação.
            Urano (Céu) com as mãos ensanguentadas sobre a virilha não acreditava no que via, banhado em seu sangue estava seu caçula jogando, com a foice dada por sua esposa, os seus testículos no oceano.
            Cronos (Saturno), foi logo contar sua proeza a sua mãe e libertar seus irmãos, e recebeu sua valorosa recompensa, era agora senhor supremo do universo.
            Quando a noite caiu escutou-se uma voz espectral descer da grande cúpula côncava dos céus:
            “- Ai de você, rebento infame, que manchou a mão no sangue do seu próprio pai! Do mesmo modo que usurpou o mando supremo, irá também um dia perde-lo”...
            E com um riso talhado no rosto Cronos (Saturno) apenas exclamou:
            “- Deus morto, Deus posto”!
            Mas aquela profecia ficava ecoando em sua cabeça ao mesmo tempo em que pensava:
            “Será que uma vitória completa não existe neste mundo”?

Agora, queria lembrar que ainda tem vagas para a equipe. Caso se interesse, entre em contato conosco pelo e-mail: contato@herois-do-olimpo.com
Espero que tenham gostado do texto do Mario, em breve tem mais!!!

0 Mensagens de Íris:

Postar um comentário

Fiquem a vontade para comentar.
Deixe sua opinião, sugestão, ou tire suas dúvidas :D
Att,
Staff

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | GreenGeeks Review